.: Prefeitura De Araguaina :.
Domingo, 22 De Setembro De 2019 |    CLIMA: Sol com algumas nuvens. Nao chove. | Mínima: 24ºC | Máxima: 37 ºC



Cidadão Empresa Servidor Turista  

campanhas





NOTÍCIAS

Prefeitura faz mapeamento de todas as vias de Araguaína

Publicado: Data: 20/08/2013 Autor: Ascom

aumnetar letradiminuir letratamanho original imprimir
Plants: image 4 0f 4 thumb

Em parceria com a Saneatins, o município disporá de uma tecnologia que monitorará pontos importantes para os investimentos públicos como ruas, calçamento, meios fios e bocas de lobo. As informações ficarão disponíveis em um banco de dados do município.

 

A Prefeitura de Araguaína, em parceria com a Saneatins, está realizando um mapeamento digital da cidade. Cerca de mil quilômetros de ruas serão rastreados por meio de um veículo com tecnologia de registro fotográfico e topográfico. Este trabalho, que já começou e deve durar alguns meses, vai resultar em um banco de dados fundamental ao planejamento urbano e à elaboração de projetos para investimentos, entre outras áreas da gestão pública.

“A proposta é fazer uma espécie de raio-x de Araguaína para melhor diagnosticar e solucionar os problemas. Nossa cidade, infelizmente, é como uma casa construída no improviso, sem planta definida, cuja estrutura requer reparos definitivos. Estamos viabilizando isso, em ações de curto, médio e longo prazos. Descobrimos o serviço e propusemos a parceria com a Saneatins, que contratou a empresa. Em breve teremos informações para melhor orientar e dinamizar o planejamento e a execução das obras de infraestrutura, entre outros serviços”, informa o prefeito Ronaldo Dimas.

A Secretaria de Planejamento, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia atua diretamente na definição das diretrizes técnicas do serviço. Segundo o secretário Bruno Rangel, com o uso desta tecnologia, várias características da cidade vão ser documentadas e analisadas separadamente. “Fachadas de casas, malha viária, meio fio, calçamento, bocas de lobo, pontos de ônibus, de taxi e mototaxi, sinalização, rede de esgoto e energia elétrica, enfim, toda a estrutura da cidade entra no levantamento”, explica o secretário.

 

COMO FUNCIONA

 

O secretário explicou como funciona o mapeamento. Um veículo equipado com câmeras de alta resolução e um canhão de laser que gira 360º rastreia e mapeia o terreno por onde passa.

Além dos registros em imagens, são levantadas as características geográficas de cada região. “Isso é importante para noções de nível de terrenos para obras de drenagem, esgoto e pavimentação”, explica Bruno Rangel.

O veículo levará de 40 a 50 dias para rastrear toda a cidade. As informações obtidas serão armazenadas em um servidor da prefeitura para a construção do banco de dados municipal. “Depois de organizar estes dados, no futuro, a prefeitura poderá disponibilizá-los aos cidadãos por meio de uma parceria com o Google”, revela Rangel.

 

CADASTRO MULTIFINALITÁRIO

 

O mapeamento é um dos itens que compõem o cadastro multifinalitário que, em breve, será objeto de licitação. Toda a cidade será levantada através de aerofotogrametria, que são imagens obtidas por uma câmera acoplada em um avião. Esta é uma etapa subseqüente ao mapeamento terrestre. "Aí, finalmente, teremos todas as informações adequadas e necessárias para os trabalhos e serviços públicos. Infelizmente hoje não temos informações básicas como, por exemplo, onde passa a rede de água, se tem rede de esgotamento de águas pluviais, localização dos postes em uma rua. Isto dificulta demais a elaboração de projetos e o planejamento urbano", reitera o prefeito Ronaldo Dimas.

 

SANEATINS

 

Para a Saneatins, o mapeamento das ruas vai embasar o planejamento das redes de esgoto da cidade entre outras obras. A empresa prevê investimentos de cerca de 140 milhões de reais em Araguaína, elevando para 90% o percentual de saneamento, em aproximadamente quatro anos.

Publicado: Data: 20/08/2013 Autor:Ascom







voltar