.: Prefeitura De Araguaina :.
Sexta-feira, 22 De Novembro De 2019 |    CLIMA: Sol com muitas nuvens. Pancadas de chuva a tarde e a noite. | Mínima: 20ºC | Máxima: 29 ºC



Cidadão Empresa Servidor Turista  

campanhas





NOTÍCIAS

Dimas prestigia programação do Dia do Idoso em Araguaína

Publicado: Data: 02/10/2015 Autor: Ascom

aumnetar letradiminuir letratamanho original imprimir
Plants: image 4 0f 4 thumb

Durante todo o dia, um grupo de 300 idosos puderam participar de muitas atividades no Balneário Jacuba

 

O prefeito Ronaldo Dimas almoçou com cerca de 300 idosos nesta sexta-feira, 2, durante o Dia de Lazer proporcionado pela Prefeitura de Araguaína, no Balneário Jacuba. A programação do Dia do Idoso começou no dia 1º, com uma missa, e encerrou hoje com um café da manhã no Centro de Convivência do Idoso do Setor Couto. Logo depois, todos seguiram de ônibus para a Jacuba, onde puderam dançar forró ao vivo com Zezinho dos Teclados.

A programação seguiu com brincadeiras, sorteios e muito lazer, até a hora do almoço, prestigiada pelo prefeito. Antes, Dimas cumprimentou a todos os idosos presentes e esteve aberto às sugestões para seu governo. A programação, que foi até às 15 horas, fez parte das comemorações do Dia do Idoso, celebrado em todo o Brasil no dia 1º de outubro, por sugestão da Organização das Nações Unidas (ONU).

Segundo a coordenadora do Centro de Convivência voltado à terceira idade, Poliana Abrantes, o momento é de unir forças para elevar a autoestima de muitos, que veem na unidade a única família e uma motivação para a vida. “Apesar da idade, eles gostam de dançar e socializar-se. Aqui eles sempre saem felizes, satisfeitos e realizados”, lembrou a coordenadora, destacando que o forró contribui para fortalecer as articulações dos idosos, sendo bom também para a saúde deles.

Vivências

A Maria de Jesus Lima cuidou bem da saúde a até encontrou um namorado no forró do Centro de Convivência. Trata-se de Honorato Barbosa, ambos pensionistas, e que atualmente moram juntos. “Nós dois vivíamos sozinhos. Ele me chamou para morar junto, eu aceitei. Hoje a gente se ama e nunca tivemos bate-boca, nem briga, nem nada”, recorda-se a idosa. Para ela, se não fosse o centro, eles não tinham se conhecido. “Aqui se a gente tiver triste, a gente fica alegre”, disse emocionada.

Donato Pinto Rio Preto, de 80 anos, é um desses idosos que busca no centro uma forma de socializar-se, já que toda a família do aposentado mora no sul do Estado. Morando no Setor Tereza Hilário, o centro para ele é um espaço de autoafirmação e novas vivências. “Há 30 anos eu faço parte desse ‘adivertimento’. Eu procurei emprego fichado, mas ninguém quer me fichar, aí o jeito é me divertir”, disse sorrindo.

Publicado: Data: 02/10/2015 Autor:Ascom







voltar