.: Prefeitura De Araguaina :.
Quarta-feira, 19 De Junho De 2019 |    CLIMA: Sol com algumas nuvens. Nao chove. | Mínima: 21ºC | Máxima: 33 ºC



Cidadão Empresa Servidor Turista  

campanhas





NOTÍCIAS

Prefeito anuncia audiência pública sobre transporte público coletivo em Araguaína

Publicado: Data: 19/09/2013 Autor: Ascom

aumnetar letradiminuir letratamanho original imprimir
Plants: image 4 0f 4 thumb

O evento acontece no dia 30 de setembro será aberto para a população discutir com a Prefeitura soluções para melhorias do transporte coletivo da cidade.

O prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas, anunciou na tarde desta quinta-feira 19, a realização de audiência pública para discutir o transporte público de Araguaína, além da viabilidade de implantação de linhas de transporte alternativo na cidade. O evento acontecerá no dia 30 de setembro, no auditório do Palácio Tancredo Neves, às 19h30, e pretende traçar com a população soluções e a propostas de novas linhas de ônibus sejam implantadas no início de 2014.

O anúncio da audiência foi feito após reunião do prefeito com o presidente da FENATRAL (Federação Nacional do Transporte Alternativo), Expedito Bandeira, o presidente da COOPERLOTA, David Pereira, o presidente da Câmara Municipal, Marcus Marcelo, o vereador Divino Bethânia Júnior, o secretário de Planejamento, Meio Ambiente, Ciências e Tecnologia, Bruno Rangel em que foi apresentado um estudo de viabilidade econômica do transporte público coletivo de passageiros em Araguaína.

Relatório

No relatório apresentado pela FENATRAL, a entidade realizou um estudo que teve a duração de 15 dias e relatou dados técnicos que apontaram as fragilidades do transporte público atual. Com base no estudo, a Prefeitura proporá à população oito novas linhas que atenderão todos os bairros. As novas rotas farão o percurso bairro-centro em até no máximo 20 minutos e contarão com a integração da passagem através da bilhetagem eletrônica. “Com a passagem, que terá o mesmo custo atual de R$ 2,35, o usuário poderá atravessar toda a cidade pelo período de uma hora”, aponta o presidente da Federação.

Segundo a proposta da Prefeitura, após a audiência, será aberto um processo licitatório para permissão de cerca de 60 motoristas no transporte público alternativo. De acordo com o edital, os veículos deverão ser novos e devem contar com GPS, que registrará os horários, as rotas e a velocidade em tempo real, possibilitando o controle do Município quanto à qualidade dos serviços.

A previsão para o início do sistema de transporte alternativo na cidade é no final do mês de janeiro de 2014. “A fase de testes do novo sistema deve iniciar em janeiro de 2014, e após um mês atenderá em definitivo a população”, afirmou o prefeito Ronaldo Dimas. 

Publicado: Data: 19/09/2013 Autor:Ascom







voltar