.: Prefeitura De Araguaina :.
Sábado, 20 De Outubro De 2018 |    CLIMA: Sol e aumento de nuvens de manha. Pancadas de chuva a tarde. a noite o tempo fica aberto. | Mínima: 23ºC | Máxima: 35 ºC



Cidadão Empresa Servidor Turista   Ouvidia da Saúde 0800 646 8546

campanhas





NOTÍCIAS

CCZ cria perfil no Facebook para divulgar projeto Adote

Publicado: Data: 16/04/2018 Autor: Ascom

aumnetar letradiminuir letratamanho original imprimir
Plants: image 4 0f 4 thumb

Projeto visa incentivar a adoção e a guarda responsável de cães e gatos; doações dependem da disponibilidade de animais

 

Por Flávio Martin - Foto: Marcos Filho Sandes/Ascom

 

Cerca de 300 animais domésticos são deixados todos os meses no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) da Prefeitura de Araguaína, quase todos muito doentes e maltratados. Aqueles que se recuperam e não apresentam doença ou agressividade são colocados para doação. Para incentivar a adoção e a guarda responsável, o CCZ criou um perfil em rede social para divulgar o projeto Adote, é o perfil UVZ Araguaína, no Facebook, onde são divulgadas as fotos dos animais disponíveis para adoção.
 
“O grande problema em Araguaína é que a maioria das pessoas não quer o trabalho de cuidar do animal, quer só como proteção. Não dão ração, vacinas, remédios e levam até o veterinário. E quando o animal já está bem doente, vem entrega-lo aqui para recuperarmos. O foco do órgão é de prevenção de transmissão de doenças, mas fazemos de tudo para tentar salvar o animal”, diz o veterinário Márcio Sérgio Pereira.
 
De acordo com o diretor do CCZ, Henrique Xisto, as doações dependem da disponibilidade de animais e, neste mês, serão ao menos 30. “Nós recebemos duas ninhadas e uma nasceu aqui dentro. O dono desses animais não tinha como cuidar de tantos filhotes, então, nós fomos buscar para tratar e fazer as doações. Eles precisam de carinho, conforto e segurança”.
 
O empresário Orlando Ribeiro, 53 anos, foi ao CCZ na última sexta-feira, 13, à procura de um cachorro para deixar na chácara que possui em Araguaína. Ele conta que irá deixar o animal na responsabilidade do caseiro, mas vai garantir para que seja bem tratado. “Tenho cães em minha casa, sei que é necessário dar ração, vacinas e remédios. Desta parte sou eu que vou tratar”.
 
Campanha Abril Laranja
“A Sociedade Americana para a Prevenção da Crueldade contra os Animais (ASPCA) dedica o mês de Abril à prevenção da crueldade contra animais, com a campanha Abril Laranja, de alerta e conscientização da população sobre os maus tratos aos animais”, comentou Xisto.
 
O diretor ressaltou ainda que é possível fazer denúncias de maus tratos aos animais, com base no artigo 32 da Lei Federal nº 9.606/98, Lei de Crimes Ambientais. A pena para esses crimes é de detenção de três meses a um ano e multa.
 
A denúncia pode ser feita diretamente à Polícia Militar (PM) ou à Polícia Civil (PC). Se possível, o denunciante pode apresentar fotos, vídeos, testemunhas ou evidência da agressão, para dar mais efetividade à denúncia.  
 
Posse responsável
Antes de adotar um animal é preciso refletir sobre alguns pontos, como espaço, disponibilidade de tempo para cuidar dele por até 20 anos, decisão conjunta (todos os moradores da casa precisam estar de acordo com a adoção) e despesas (além de amor, abrigo e alimentação, ele vai precisar de vermífugos, vacinas, anti-pulgas e cirurgia de esterilização).
 
No momento de adoção dos animais, a pessoa assina um termo de responsabilidade e comprometimento. Nele estão contidas normas como não o manter preso em espaços pequenos ou em correntes, garantir sua saúde física fornecendo água, abrigo, alimento adequado, higiene, vacinas e levando-o regularmente ao veterinário.
 
“Um cão ou gato pode viver até 15 anos ou mais, e durante todo este tempo serei responsável pelo seu bem-estar, principalmente durante sua velhice. O não cumprimento dos itens acima poderá ser interpretado como maus-tratos”, orienta o termo.
 
Centro de Castração
Uma forma de lidar com o problema do abandono de animais na cidade é promover a castração, para isso, Araguaína contará com um Centro de Esterilização para Cães e Gatos, com entrega prevista para o próximo semestre.
 
A obra está quase 100% concluída, faltando apenas acabamento com os mobiliários e limpeza. A entrega, antes prevista para Novembro de 2017, foi adiada devido ao descredenciamento da empresa vencedora da licitação para instalar a mobília do local. Com isso, foi necessária a abertura de uma nova licitação, cumprindo todos os prazos legais.
 
O serviço será ofertado gratuitamente para famílias de baixa renda. Para ter acesso ao benefício, as famílias devem ter renda igual ou inferior a três salários mínimos. O animal deve ser cadastrado e o dono precisa comprovar que reside no Município.
 
Além de evitar que nasçam filhotes, os animais castrados têm menos vontade de sair por aí, reduzindo as chances de serem atropelados, envenenados ou maltratados. Ficam mais caseiros, deixam de brigar e, assim, correm menos risco de serem infectados por doenças transmitidas pelo ato sexual e por mordidas. Isso inclusive protege sua família contra zoonoses.
 
Outros problemas de comportamento como a necessidade de urinar para demarcar território, são reduzidos ou eliminados com a castração. O risco dos animais desenvolverem certos tumores e infecções em idade avançada é bastante reduzido com a esterilização. (Fonte: amorviralata.com.br )
 
Contato
O CZZ de Araguaína fica na Av. Verdes Mares, 21 - Parque Sonhos Dourados. Em caso de dúvidas, moradores podem entrar em contato no CCZ pelos seguintes telefones: 0800 646 7020, 3415-5307 ou 3411-7040.



A Sociedade Americana para a Prevenção da Crueldade contra os Animais (ASPCA) dedica o mês de abril à prevenção da crueldade contra animais, com a campanha Abril Laranja, de alerta e conscientização sobre os maus tratos aos animais

Publicado: Data: 16/04/2018 Autor:Ascom







voltar