.: Prefeitura De Araguaina :.
Sexta-feira, 10 De Julho De 2020 |    CLIMA: Sol com algumas nuvens. Nao chove. | Mínima: 19ºC | Máxima: 34 ºC



Cidadão Empresa Servidor Turista   Site Covid-19



campanhas





NOTÍCIAS

Novo instituto assume gerenciamento da UPA, HMA e Ambulatório

Publicado: Data: 05/11/2015 Autor: Ascom

aumnetar letradiminuir letratamanho original imprimir
Plants: image 4 0f 4 thumb

Desde o último dia 1º de novembro, IBGH está à frente do gerenciamento e execução dos serviços de três unidades de saúde de Araguaína

Por Joselita Matos

Após o processo licitatório e o contrato ser referendado na Câmara Municipal, o Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar (IBGH) está à frente do gerenciamento e execução dos serviços do Hospital Municipal de Araguaína (HMA), do Ambulatório de Especialidades e da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Setor Araguaína Sul, desde o dia 1º de novembro.

A organização social (OS) em saúde venceu o processo licitatório, adequando-se técnica e financeira ao que foi especificado no edital para gerenciar as unidades. Atualmente, nas três unidades tem 394 funcionários que trabalham nos serviços para atender os usuários de Araguaína. À frente das três unidades está o superintendente do IBGH, Bruno Figueiredo.

Instituto

O Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar (IBGH) foi criado em setembro de 2013, visando a gestão de unidades de saúde pública na forma de Organização Social em Saúde (OSs). As finalidades do IBGH são de caráter social. Atualmente atua no Estado de Goiás na gestão do Hospital Estadual Ernestina Lopes Jaime (HEELJ) em Pirenópolis, desde setembro de 2014.

O trabalho segue o instituído pelos governos através de um contrato de gestão com cumprimento de metas, além do comprometimento com os princípios básicos e os critérios legais do Sistema Único de Saúde (SUS), no que preza o atendimento universal, integral e humanizado com atenção à qualidade. O Instituto segue também as diretrizes que constam da Política Nacional de Humanização (PNH), criada pelo SUS, e que tem como missão transformar os modelos tradicionais de gestão e atenção à saúde em práticas de administração que ouçam o usuário da rede pública respeitando as diferenças sociais, regionais e culturais.

Período de transição

A Prefeitura de Araguaína acompanhou todo o período de transição para a nova OS. Uma equipe composta por técnicos da Secretaria Municipal de Saúde, por profissionais da Pró-Saúde e por representantes do Conselho Municipal de Saúde acompanhou todo o processo, desde o dia 1º de outubro.

Publicado: Data: 05/11/2015 Autor:Ascom







voltar