.: Prefeitura De Araguaina :.
Sábado, 04 De Julho De 2020 |    CLIMA: Sol com algumas nuvens. Nao chove. | Mínima: 19ºC | Máxima: 34 ºC



Cidadão Empresa Servidor Turista   Site Covid-19



campanhas





NOTÍCIAS

Produtores têm até esta quinta para se cadastrar no Programa Compra Direta

Publicado: Data: 01/12/2015 Autor: Ascom

aumnetar letradiminuir letratamanho original imprimir
Plants: image 4 0f 4 thumb

O prazo para entidades se encerra no dia 3 de dezembro. Para fazer o cadastro, é necessário dirigir-se à Secretaria do Desenvolvimento Econômico

Por Thatiane Cunha 

Os pequenos produtores rurais devem ficar atentos aos prazos para se cadastrarem no Programa Compra Direta 2016. O cadastro pode ser feito na Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico, à Rua 25 de Dezembro, no Centro. O período de cadastro vai até o dia 3 de dezembro. O objetivo é que os agricultores cadastrados forneçam alimentos para o programa, que, após adquiridos, sejam entregues gratuitamente a mais de 90 instituições da cidade.

Para fazer o cadastro como produtor é necessário a seguinte documentação: cópia da identidade, CPF, Título Eleitoral, PIS/PASEP/NIS e o extrato da Declaração de Aptidão ao Pronaf. Além disso, os fornecedores individuais devem fazer uma relação de quantos quilos poderá entregar do produto no próximo ano, no limite de até R$ 6.500,00/ano em alimentos.

O levantamento é necessário para saber quais novos produtores possuem produtos para a venda e qual a quantidade. “Os recursos do Ministério para a próxima compra são baseados nesse cadastro, por isso ele é imprescindível”, disse o secretário do Desenvolvimento Econômico, Joaquim Quinta Neto, acrescentando que a Prefeitura está preocupada com a segurança alimentar e nutricional da cidade, além de garantir a renda aos agricultores familiares.

Produtos

Após o cadastro, a Prefeitura terá uma noção de quanto vai movimentar. O Ministério destinou cota de R$ 1,045 milhão para 2015. Os alimentos a serem fornecidos são: frutas, verduras, legumes, peixes, ovos, grãos, cereais, frango caipira melhorado, polpa de frutas, pão caseiro, carne suína, mel e derivados do leite. E em 2016, alimentos orgânicos também serão adquiridos.

“Queremos que a maioria dos agricultores familiares de Araguaína seja incluída no Compra Direta que tem uma lógica muito simples e que efetivamente funciona. Adquirimos alimentos e os repassamos às entidades assistenciais que ofertam alimentação de qualidade para as pessoas em situação de vulnerabilidade”, analisou o secretário.

“Creches, asilos, associações beneficentes, cozinhas comunitárias e escolas municipais são as principais beneficiadas com os alimentos adquiridos atualmente pelo programa na cidade”, enumerou.

Compra Direta

A inscrição é um dos requisitos para que os produtores façam parte do programa, fruto da parceria entre o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), por meio do Programa de Aquisição de Alimentos Municipal e a Prefeitura de Araguaína.

Voltado para agricultura familiar, o Compra Direta representa um grande benefício para os produtores rurais do Município, pois é a certeza da comercialização dos seus produtos a preços justos. Além disso, o programa contribui para a redução da desnutrição alimentar. Mais informações podem ser obtidas através do telefone (63) 3414-7457.

Publicado: Data: 01/12/2015 Autor:Ascom







voltar