.: Prefeitura De Araguaina :.
Sexta-feira, 26 De Fevereiro De 2021 |    CLIMA: Sol e aumento de nuvens de manha. Pancadas de chuva a tarde e a noite. | Mínima: 22ºC | Máxima: 30 ºC
prefeitura de araguaina

Cidadão Empresa Servidor Turista   Site leilao de Imveis



campanhas





NOTÍCIAS

Audiência Pública discute Educação Inclusiva em Araguaína

Publicado: Data: 11/04/2016 Autor: Ascom

aumnetar letradiminuir letratamanho original imprimir
Plants: image 4 0f 4 thumb

 

Profissionais da educação, Ministério Público Estadual, pais de alunos e representantes de sindicatos participaram das discussões na elaboração do documento

 

Por: Abdon Barbosa
Fotos/Créditos: Abdon Barbosa/Ascom


Em Audiência Pública realizada no auditório do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), nesta quarta-feira 6, a Prefeitura de Araguaína, por meio da Secretaria da Educação, Cultura, Esporte e Lazer, reuniu entidades de classe para análise das propostas na construção da Resolução Municipal da Ensino Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva no Município.
 
O encontro reuniu mais de 200 profissionais que atuam na educação especial, Conselho do Deficiente, Conselho Tutelar, representantes de sindicatos, país de alunos com necessidades especiais e o Ministério Público Estadual. O objetivo foi construir um documento de forma democrática, que atenda legalmente as necessidades dos alunos que apresentam deficiências e que precisam ser inclusos na rede regular de ensino.
 
"Discutir a construção de um documento como este é de fundamental importância, pois ele está voltado a atender o aluno que tenha realmente necessidades especiais", detalhou o promotor de Justiça, Ricardo Alves Peres.
 
A proposta da Resolução visa normatizar o atendimento aos alunos que apresentam algum tipo de deficiência educacional especial. A realização da Audiência Pública deu-se pela necessidade em discutir com a comunidade todos os artigos contidos na proposta. Uma vez construído, o documento deverá ser encaminhado ao Conselho Municipal de Educação (CME).
 
Para a senhora Eucione dos Santos, mãe da Pávila Batista, aluna do 2º ano da Escola Municipal Meu Castelinho, além de normatizar a Educação Inclusiva, a audiência possibilitou discutir melhorias para as crianças araguainenses. "É um momento muito especial poder participar de discussões como esta, que trará benefícios na vida escolar da minha filha", pontuou.
 
Educação Inclusiva 
Atualmente, a Prefeitura de Araguaína atende a 476 crianças com deficiências em toda a rede de ensino. O Município oferece a todos esses alunos profissionais qualificados, salas de atendimento especializado, formação continuada, transporte com acessibilidade e todo apoio psicológico, social e terapêutico e pedagógico a essas crianças.
 
A cidade de Araguaina hoje é referência estadual no atendimento educacional especializado/educação inclusiva, e reconhecida nacionalmente pela qualidade do ensino oferecido. “Baseado nos desafios que enfrentamos na prática, objetivamos desenvolver um cenário educacional que respeite os direitos de aprendizagem de todo estudante indistintamente", destacou o secretário Jocirley de Oliveira.

 

Publicado: Data: 11/04/2016 Autor:Ascom







voltar