.: Prefeitura De Araguaina :.
Quarta-feira, 08 De Julho De 2020 |    CLIMA: Sol com algumas nuvens. Nao chove. | Mínima: 18ºC | Máxima: 34 ºC



Cidadão Empresa Servidor Turista   Site Covid-19



campanhas





NOTÍCIAS

Cadastro para agendamento de consultas continua nas unidades básicas de saúde

Publicado: Data: 27/07/2016 Autor: Ascom

aumnetar letradiminuir letratamanho original imprimir
Plants: image 4 0f 4 thumb

 

O atendimento nas UBS é de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30. Somente com o cadastro atualizado, o usuário poderá agendar a consulta através do 0800 

Por: Gláucia Mendes 

População de Araguaína que utiliza serviços do Sistema Único de Saúde (SUS) devem ficar atentas e procurar as unidades básicas de saúde (UBS) para o cadastro. A atualização de dados é para facilitar o teleagendamento de consultas, que já está funcionando em fase de teste. O cadastro pode feito de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30, em todas as unidades. 

Somente o cidadão que atualizar os seus dados nas UBS poderá agendar as consultas via telefone. As ligações podem ser feitas por telefone fixo, após a fase de teste, o agendamento também poderá ser feito por meio de ligações de celulares. 

Para realizar o cadastro, o usuário deve levar todos os documentos pessoais: Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), Registro Geral (RG), comprovante de residência e o cartão do SUS. Para cadastrar crianças, deverão ser apresentados a Certidão de Nascimento e outros documentos, se houver. 

Agendamento


Mesmo em fase de teste, o sistema para os agendamentos de consultas já está funcionando. Qualquer pessoa que já tem o cadastro pode ligar no 0800 401 2200 e agendar o atendimento.  As ligações podem ser realizadas pelo cidadão de segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas.  

A Atenção Básica do Município ressalta que o agendamento é para consultas com o clínico geral que atenderá nas UBS. O paciente que necessitar de atendimento com médicos especialistas, o clínico geral fará o encaminhamento para a central de regulação e, de acordo com a competência, as consultas para esses especialistas serão agendadas para o ambulatório do Estado ou do Município. 

Os pacientes atendidos pelos programas de saúde como hiperdia, hanseníase, tuberculose, pré-natal, saúde da mulher (PCCU), puericultura, tabagismo e outros não precisam de agendamento. Os atendimentos continuam normalmente nas unidades.

Publicado: Data: 27/07/2016 Autor:Ascom







voltar