.: Prefeitura De Araguaina :.
Quarta-feira, 08 De Julho De 2020 |    CLIMA: Sol com algumas nuvens. Nao chove. | Mínima: 18ºC | Máxima: 34 ºC



Cidadão Empresa Servidor Turista   Site Covid-19



campanhas





NOTÍCIAS

Infectologista dá dicas para quem precisa sair para trabalhar em tempos de pandemia

Publicado: Data: 27/05/2020 Autor: Ascom

aumnetar letradiminuir letratamanho original imprimir
Plants: image 4 0f 4 thumb

Cuidados adequados podem proteger o trabalhador e sua família da contaminação pelo coronavírus

Por Mara Santos | Foto: Marcos Sandes/Ascom 

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, a recomendação dos organismos globais, como a Organização Mundial da Saúde (OMS), é para que as pessoas fiquem casa. A medida serve para diminuir a velocidade de propagação do vírus, no entanto, nem todos os trabalhos podem ser desenvolvidos em home office, como é o caso dos profissionais da Saúde, policiais, fiscais, garis, entre outros.

A infectologista Rosângela Ribeiro dá dicas para evitar a propagação da doença no ambiente de trabalho e também para que os profissionais não acabem infectando seus familiares ao retornar para casa.

Ao sair

A primeira recomendação deve ser seguida já no momento de sair de casa, seja para o trabalho ou para uma saída inevitável, como a ida ao mercado ou farmácia: levar máscara de tecido e álcool em gel. Os itens são indispensáveis a cada saída. Durante o cumprimento do expediente de trabalho, a máscara deve ser trocada a cada duas horas ou menos, caso fique úmida.

Se possível, prenda o cabelo e evite acessórios como anéis, pulseiras, brincos e colares.

No trabalho

Superfícies de trabalho e objetos como telefones e teclados devem ser higienizados regularmente. Recomenda-se o afastamento de um metro e meio entre as pessoas.

“Além disso, é recomendado permanecer de máscara, evitar tocar nas superfícies e no rosto, lavar as mãos com frequência ou usar álcool em gel”, explicou.

Ao chegar em casa

“Os sapatos devem ser deixados do lado de fora. Evite tocar nas superfícies e pessoas e tome banho imediatamente”, orientou a médica. As roupas usadas devem ser colocadas no cesto de roupa suja.

Outra dica é tentar manter o distanciamento e, se houver pessoas do grupo de risco em casa e não for possível o distanciamento, usar máscara em casa também.

Todos os acessórios como carteira, bolsa, óculos, chaves e celular precisam ser higienizados com álcool a 70%.

Publicado: Data: 27/05/2020 Autor:Ascom







voltar