.: Prefeitura De Araguaina :.
Sábado, 04 De Julho De 2020 |    CLIMA: Sol com algumas nuvens. Nao chove. | Mínima: 19ºC | Máxima: 34 ºC



Cidadão Empresa Servidor Turista   Site Covid-19



campanhas





NOTÍCIAS

Cai em 70% índice de Dengue em Araguaína

Publicado: Data: 23/05/2014 Autor: Ascom

aumnetar letradiminuir letratamanho original imprimir
Plants: image 4 0f 4 thumb

Com a intensificação dos trabalhos de prevenção, o CCZ reduziu os casos confirmados de Dengue em mais de 70% e diminuiu os casos confirmados de Calazar em 24%, quando comparados 2012 e 2013.

 

A intensificação dos trabalhos de prevenção da Prefeitura de Araguaína, por meio da Secretaria Municipal de Saúde – Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), garantiu a redução do número de casos de Dengue e Calazar em nosso município, quando comparado o primeiro ano da nova gestão com 2012.

Em relação a Dengue, transmitida pela picada do mosquito Aedes Aegypti, em 2012 foram registrados um total de 5.897 casos notificados. No ano passado, durante a nova gestão, esse número caiu mais da metade, para 2.640 casos notificados (redução de 55,2%). Os casos confirmados em 2012 eram 1.850. No ano passado, reduzimos em 2/3, para 553 (redução de 70,1%).

 

Além da diminuição dos casos de Dengue, foram reduzidos também os casos de Leishmaniose Visceral, popularmente conhecida como Calazar, que acomete tanto os cães, quanto os seres humanos. Em 2013 foram diagnosticados 102 casos em humanos, 33 a menos que em 2012, quando foram registrados 135, configurando uma redução de 24,4% dos casos confirmados. O número de casos de Calazar em humanos no ano de 2012 foi de 1.405 notificados. No ano seguinte, em 2013, foram registrados 1.125, representando uma redução de 19,9%. 

 

Assim como os registrados em humanos, os casos de Calazar confirmados na população canina chegaram a 2.522 em 2012 e 1.875 em 2013. Os dados representam uma redução de 25,6% dos casos. Até março deste ano, foram registrados 509 casos. Os números de exames realizados também diminuiu, o que comprova a baixa incidência da doença. Em 2012 foram realizados 8.189 exames e em 2013, foram 7.179. 

 

O CCZ realizou, até março deste ano, 2.069 exames. A positividade entre os animais diminuiu em 5%, quando comparados os anos de 2012 (31%) e 2013 (26%). Já em 2014, a positividade não passou de 24%. 

 

Segurança

Os dados, do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), órgão ligado ao Ministério da Saúde (MS), foram obtidos ao final do ano de 2013 e representam segurança para a população de Araguaína, já que os números de Dengue e Calazar sofreram uma significativa redução.

Publicado: Data: 23/05/2014 Autor:Ascom







voltar