.: Prefeitura De Araguaina :.
Segunda-feira, 06 De Julho De 2020 |    CLIMA: Sol com algumas nuvens. Nao chove. | Mínima: 18ºC | Máxima: 34 ºC



Cidadão Empresa Servidor Turista   Site Covid-19



campanhas





NOTÍCIAS

Prefeitura promove campanha no Dia Mundial de Luta Contra a Aids

Publicado: Data: 28/11/2014 Autor: Ascom

aumnetar letradiminuir letratamanho original imprimir
Plants: image 4 0f 4 thumb

Durante a ação, serão realizados teste rápidos para HIV, além de blitz educativa distribuindo materiais com informações sobre a doença 


No dia 1º de dezembro, próxima segunda-feira, Dia Mundial de Luta Contra a Aids, a Prefeitura de Araguaína, por meio da Secretaria Municipal de Saúde - Gerência do Programa Municipal DST/AIDS, realizará a campanha “Fique Sabendo”. Serão ofertados testes rápidos de HIV para maiores de 18 anos e uma blitz educativa com oferta de materiais educativos e apoio dos agentes da Pastoral da AIDS.

Os testes acontecerão na UBS Couto Magalhães (Setor Couto) e na UBS Palmeiras do Norte (Setor Oeste), das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30. Já a blitz será realizada no período de 7h30 às 10h, no semáforo da Avenida Cônego João Lima, em frente ao Hospital Dom Orione.

Serão ofertados 100 testes rápidos de HIV em cada UBS, disponíveis para a população em geral, sendo necessário que o indivíduo disponha de um documento de identificação, com foto.

A campanha conta com a parceria da Coordenação Estadual DST/AIDS, HDT/CTA e Pastoral da AIDS. Para mais informações, a Vigilância Epidemiológica disponibiliza o telefone (63) 3411-7033, falar com enfermeiro Samuel de Castro.

 

Dia Mundial de Luta contra a Aids

No dia 1° de dezembro, vários países comemoram o Dia Mundial de Luta Contra a AIDS. Essa data foi instituída como forma de despertar a necessidade da prevenção, promover o entendimento sobre a pandemia e incentivar a análise sobre a AIDS pela sociedade e órgãos públicos. No Brasil, a data começou a ser comemorada no final dos anos 1980, envolvendo os governos federal, estadual, distrital, municipal e organizações sociais.

Este ano, o objetivo da Campanha é chamar atenção da sociedade para as questões que potencializam as situações de risco e vulnerabilidade ao HIV/AIDS, como por exemplo, a falta de abordagem educacional mais consistente e de forma permanente sobre sexualidade e os direitos que envolvem a saúde sexual dos jovens.

Publicado: Data: 28/11/2014 Autor:Ascom







voltar