.: Prefeitura De Araguaina :.
Sábado, 04 De Julho De 2020 |    CLIMA: Sol com algumas nuvens. Nao chove. | Mínima: 19ºC | Máxima: 34 ºC



Cidadão Empresa Servidor Turista   Site Covid-19



campanhas





NOTÍCIAS

Prefeitura de Araguaína realiza mutirão de limpeza em combate ao Aedes

Publicado: Data: 19/02/2016 Autor: Ascom

aumnetar letradiminuir letratamanho original imprimir
Plants: image 4 0f 4 thumb

 

A ação, que tem a participação de 30 agentes de combate a endemias, comunidade e bombeiros civis, acontece a partir das 8 horas deste sábado, 20, no Setor Novo Horizonte
Por: Gláucia Mendes 

 

A Prefeitura de Araguaína, por meio da Secretaria da Saúde, realiza neste sábado, 20, a partir das 8 horas, um mutirão de limpeza e combate ao Aedes aegypti, no Setor Novo Horizonte. Participarão da ação 30 agentes de combate a endemias, comunidade e bombeiros civis, que têm como principal objetivo recolher material que acumula água e eliminar locais onde os mosquitos proliferam.
De acordo com o superintendente de Vigilância em Saúde, Eduardo de Freitas, o mutirão é necessário porque há incidência de focos no setor. “Em janeiro, foram encontrados muitos focos em residências e por isso vamos intensificar a limpeza e orientar os moradores sobre cuidados que devem ter nos quintais”, disse.

Dados de doenças

O mosquito Aedes aegypti é o transmissor da dengue, da febre chikungunya e do vírus Zika. Com dados do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), em janeiro de 2016, já foram confirmados 65 casos de dengue em Araguaína. Estão sendo investigados 26 casos do vírus Zica, um dos fatores que podem causar microcefalia em bebês e vem preocupando as gestantes de todo o País.
Da febre chikungunya, no Município, 16 casos também estão sendo investigados.
Mais ações

Várias outras ações estão sendo realizadas no Município para o combate ao Aedes, como borrifação com bombas, distribuição de armadilhas para capturar os mosquitos. Os carros ‘fumacê’, também estiveram em Araguaína no mês de janeiro, passando pelos bairros mais vulneráveis.
O trabalho de rotina está sendo intensificado nos setores, com a força-tarefa dos agentes de endemias com os agentes comunitários de saúde.

 

Publicado: Data: 19/02/2016 Autor:Ascom







voltar